Marcadores de Livros

Serviços Profissionais de Cuidado Animal
Professional Pet Care Services

Uma paixão transforma-se numa vocação, a vocação num sonho e do sonho nasce a 4EveryPet… um projecto de vida dedicado aos animais e às suas famílias!

Our passion for animals has become a lifestyle. Our daily work has been feeding a dream that we present today and wish to share with you: 4EveryPet… a life project dedicated to animals and their families!


Quando estiver de férias, necessitar de se ausentar de casa ou simplesmente necessitar de ajuda a 4EveryPet oferece-lhe os serviços profissionais de cuidado animal para que possa estar descansado enquanto o seu animal de estimação recebe os melhores cuidados.

Services&Contacts

When on holidays, in need to be away from home or simply requiring assistance, 4EveryPet offers you professional animal care services so you can be at ease while your pet receives the best care.


ÁREA DE ACTUAÇÃO | REGIONS OF SERVICE

A 4EveryPet disponibiliza os seus serviços profissionais de cuidado animal nas regiões de Coimbra/Aveiro e concelhos vizinhos.

4EveryPet provides professional pet care services in Coimbra/Aveiro regions and surrounding areas.

Coimbra: Coimbra, Figueira da Foz, Cantanhede, Montemor-o-Velho, Soure, Condeixa-a-Nova, Miranda do Corvo, Mira, Penela.

Aveiro: Aveiro, Águeda, Ílhavo, Anadia, Oliveira do Bairro, Vagos, Mealhada.


PROCESSO | PROCESS

Realizamos sempre uma visita prévia ao espaço para um primeiro contacto consigo e com o seu animal de estimação. Nessa visita são acertados os detalhes dos serviços a realizar e o valor final da prestação de serviço.

We always visit your space for a first contact with you and your pet. During this visit, the details of the services to be performed and the final value of the service rendered are agreed.


Para mais informacoes por favor entre em contacto!

For more information please contact us!

Marcadores de Livros_ENG


Advertisements

Dog Chew Toy

When you buy a new toy for your dog, is he initially over enthusiastic and then loses interest in it? It is normal for this to happen, on the one hand because most toys require owner interaction to become interesting, such as throwing a ball. On the other hand, all animals like new things to explore!

2018-02-02 10.28.55

An easy way to make your pet’s life more fun is giving a toy for your pet to play and than taking it back, instead of leaving it always at his disposal. Alternate the toys that you leave for him to play. In that way, when you return to give him a toy it becomes again “a new toy” 😉

A second suggestion is to improvise new toys with recyclable items that you have at home! In this edition we use only a tennis ball and an old sock (already chewed on previous explorations)!

 

Material:

  • Tennis ball
  • Old sock

2018-02-02 10.26.14

 

How to make:

  • Put the ball inside the sock

2018-02-02 10.26.58

 

  • Tie a knot in both sock extremities

2018-02-02 10.28.08

 

  • Now throw it to your dog to catch … and let him have fun!

Brinquedo para roer

Quando compra um brinquedo novo para o seu cão, inicialmente ele fica super entusiasmado e depois acaba por perder o interesse? É normal que isso aconteça, por um lado porque a maioria dos brinquedos requer interacção do dono para se tornar interessante, como atirar uma bola. Por outro lado, todos os animais gostam de novidades e coisas novas para explorar!

2018-02-02 10.28.55.jpg

Uma forma fácil de tornar a vida do seu animal mais divertida é ir colocando e retirando os brinquedos que ele tem à sua disposição. Vá alternando os brinquedos que lhe deixa de forma a que quando volta a dar um brinquedo ele se torne novamente “um brinquedo novo” 😉

Uma segunda sugestão é ir improvisando novos brinquedos com objectos recicláveis que tem em casa! Nesta edição usamos apenas uma bola de ténis e uma meia velha (já roída em explorações anteriores)!

 

Material:

  • Meia velha
  • Bola de ténis

2018-02-02 10.26.14

 

Como fazer:

  • Coloque a bola dentro da meia 

2018-02-02 10.26.58

 

  • Dê um nó em cada uma das extremidades da meia

2018-02-02 10.28.08

 

  • Agora atire o brinquedo novo ao seu cão… e deixe-o divertir-se!

Pine Caterpillar

The pine processionary caterpillar can cause serious public health problems. The urticating hairs of the caterpillar larvae cause harmful reactions in humans and other mammals.

Lagarta do Pinheiro

The pine caterpillar (Thaumetophoea pityocampa), also known as pine processionary, lives in pines and cedars. Between January and May, migration begins. They leave the pines in long head-to-tail processions and bury themselves in the soil a few inches deep.

Each processionary caterpillar has 120 000 stinging hairs distributed in 8 receptacles. When moving, the caterpillar opens these receptacles releasing thousands of hairs and increasing the possibility of intoxication of a person or an animal that comes in contact with them. The hairs act like needles, injecting the toxic substances into the skin or mucous membranes. Children and dogs by their curiosity and playful behaviour are the main affected by the pine caterpillar.

When sniffing or biting c57Baterpillars, dogs expose the muzzle and mouth to toxic hairs, and necrosis of tissues often occurs after contact. The tongue of dogs is usually the most affected organ. Initially it swells and turns blue, followed by the formation of yellow or black areas of necrosis. Other common sites are the oral mucosa, skin, eyes and digestive system.

Symptoms:

  • General body pruritus or ocular pruritus
  • Lack of appetite and salivation
  • Nausea and vomiting
  • Difficulty in swallowing
  • Respiratory distress
  • Sneezing
  • Feeling of fainting
  • Necrosis (tongue)

If you suspect that your pet has come in contact with the processionaries, you should take your pet IMMEDIATELY to the veterinarian. Early treatment favors prognosis.

You should not apply ointments or give your pet any medication. You can wash with vinegar or flush the affected area with plenty of water to relieve symptoms, NO SCRUB to prevent hair from further piercing the skin.

The treatment of the lesions is symptomatic because there is no antidote. The affected area will be washed (to remove caterpillar hair) and anti-inflammatories, analgesics and antibiotics will be prescribed (to prevent secondary infections).

In severe cases the animal may be hospitalized. In very severe situations, the affected area may have to be removed by amputation. Contact with caterpillars can be fatal for your pet.

When the caterpillars are in procession, you should prevent your dog from accessing the pine forests to prevent their contact with the caterpillars and resulting lesions.

Prevention is the best medicine!

 

Lagarta do Pinheiro

A Processionária, também conhecida por Lagarta do Pinheiro, pode originar graves problemas de saúde pública, devido à ação urticante dos pêlos, que provocam alergias ao homem e animais domésticos.

Lagarta do Pinheiro.jpg

A lagarta do pinheiro (Thaumetophoea pityocampa), também conhecida como processionária do pinheiro, vive nos pinheiros e cedros. Entre Janeiro e Maio, inicia-se a sua migração. Deixam os pinheiros em procissão e enterram-se no solo a alguns centímetros de profundidade.

Cada processionária tem 120 000 pêlos urticantes distribuídos por 8 receptáculos. Ao mover-se, a lagarta abre estes receptáculos libertando milhares de pêlos e aumentando a possibilidade de intoxicação de uma pessoa ou de um animal que entre em contacto com eles. Os pêlos agem como agulhas, injectando as substâncias tóxicas na pele ou mucosas. As crianças por brincadeira e os cães pela sua curiosidade são os principais afetados pela lagarta do pinheiro.

Ao cheirarem ou morderem as lagartas, os cães expõem o focinho e a boca aos pêlos tóxicos, ocorrendo frequentemente necrose dos tecidos após contacto. A língua dos cães é normalmente o órgão mais afectado. Inicialmente incha e torna-se azulada, seguido da formação de áreas de necrose amarelas ou pretas. Outros locais comuns são a mucosa oral, pele, olhos e sistema digestivo.

Sintomas:

  • Prurido no corpo em geral ou prurido ocular
  • Falta de apetite e salivação
  • Náuseas e vómito
  • Dificuldade em deglutir
  • Dificuldades respiratórias
  • Espirros
  • Sensação de desmaio
  • Necrose (língua)

Se desconfia que o seu animal entrou em contacto com as processionárias deverá levar DE IMEDIATO ao médico veterinário. A precocidade do tratamento favorece o prognóstico.

Não deve aplicar pomadas ou tomar qualquer medicamento. Se quiser, pode lavar com vinagre ou passar água abundante na zona afetada para aliviar os sintomas, SEM ESFREGAR para evitar que os pêlos perfurem ainda mais a pele.

O tratamento das lesões é sintomático pois não existe qualquer antídoto. A zona afectada será lavada (para remover os pêlos da lagarta) e serão receitados anti-inflamatórios, analgésicos e antibióticos(para prevenir infecções secundárias).

Em casos graves o animal poderá ser hospitalizado. Em situações muito graves, a região afectada poderá ter que ser removida por amputação. O contacto com as lagartas pode ser fatal para o seu animal.

Quando as lagartas estão em procissão, deve impedir o acesso do seu cão a pinhais para prevenir o seu contacto com as lagartas e resultantes lesões.

A prevenção é o melhor remédio!

Amazing Wolf Facts

Wolves develop close relationships and strong social bonds. They often demonstrate deep affection for their family and may even sacrifice themselves to protect the family unit. Find out more about these amazing creatures!

 

Wolf

 

  • Wolves are the largest members of the Canidae family, which includes domestic dogs, coyotes, dingoes, African hunting dogs, many types of foxes, and several kinds of jackals
  • The earliest drawings of wolves are in caves in southern Europe and date from 20,000 B.C
  • Wolves run on their toes, which helps them to stop and turn quickly and to prevent their paw pads from wearing down
  • Wolves can run up to 35 miles per hour. They usually reach these speeds during a chase and do not usually run at full speed until they are very close to their prey
  • Wolves have about 200 million scent cells. Humans have only about 5 million. Wolves can smell other animals more than one mile (1.6 kilometers) away
  • Under certain conditions, wolves can hear as far as six miles away in the forest and ten miles on the open tundra
  • Immense power is concentrated in a wolf’s jaw. It has a crushing pressure of nearly 1,500 pound per square inch (compared with around 750 for a large dog). The jaws themselves are massive, bearing 42 teeth specialized for stabbing, shearing, and crunching bones. Their jaws also open farther than those of a dog
  • A hungry wolf can eat 20 pounds of meat in a single meal, which is akin to a human eating one hundred hamburgers
  • Wolves are able to go 12 days in between meals. It is not ideal, but is sometimes necessary
  • Wolves can swim distances of up to 8 miles (13 kilometers) aided by small webs between their toes
  • The outer perimeter of a wolf’s retina is highly sensitive to movement, giving them great vision. On top of that they have great night vision and excellent peripheral vision
  • Wolves are always on the move trying to hunt prey. This adds up over time, leading to approximately a third of their life being spent roaming
  • Wolves and ravens have a very interesting relationship. The birds often follow packs in hopes of picking up their leftovers. Wolves have also learned to look for ravens as a potential sign of food ahead
  • A wolf pack may contain just two or three animals, or it may be 10 times as large
  • A wolf howl can be used to contact separated members of their group, to rally the pack before hunting, or to warn rival packs to keep away. Usually howls last around five seconds
  • The alpha male and beta female mate for life and their packs are loosely analogous to human nuclear families
  • Wolf gestation is around 65 days. Wolf pups are born both deaf and blind and weigh only one pound
  • A wolf pup’s eyes are blue at birth. Their eyes turn yellow by the time they are eight months old
  • When pups are old enough to leave the den, they become the responsibility of the entire pack. They are shown affection from all members of the pack and are trained by everyone
  • Wolves have an average life span of between six and eight years. Sometimes they live up to 13 years and those in captivity have lived up to 16 years
  • Wolves were once the most widely distributed land predator the world has ever seen. The only places they didn’t thrive were in the true desert and rainforests
  • The Japanese word for wolf means “great god.”

Factos Surpreendentes sobre Lobos

Os lobos desenvolvem fortes laços sociais e demonstram afeto em relação à família, podendo mesmo sacrificar-se para a proteger. Saiba mais sobre essas incríveis criaturas!

Wolf

  • Os lobos são os maiores membros da família Canidae, que inclui os cães domésticos, coiotes, dingos, cães de caça africanos, raposas e chacais
  • Os primeiros desenhos de lobos encontram-se em cavernas no sul da Europa e datam de 20.000 aC
  • Os lobos correm sobre os dedos dos pés, o que os ajuda a parar e virar rapidamente. Evita ainda o desgaste das almofadas das patas
  • Os lobos podem correr até 56 Km por hora, em perseguição, e geralmente apenas atingem esta velocidade quando já se encontram muito perto da sua presa
  • Os lobos têm cerca de 200 milhões de células olfactivas. Os seres humanos têm apenas cerca de 5 milhões. Os lobos podem sentir o cheiro de outros animais a mais de 1,6 km de distância
  • Sob certas condições, os lobos podem ouvir até 9,7 Km de distância na floresta e 16 Km em tundra
  • O maxilar de um lobo tem uma pressão esmagadora de quase 1500 psi (em comparação com 750 psi para um cão de porte grande). As próprias mandíbulas são enormes, com 42 dentes especializados para esfaquear, cortar e esculpir ossos e também abrem mais do que as de um cão
  • Um lobo faminto pode comer 20 quilos de carne numa única refeição, o que equivale a um ser humano comer 100 hambúrgueres numa refeição
  • Os lobos conseguem passar 12 dias sem comer, quando necessário
  • Os lobos podem nadar até 13 Km, auxiliados por pequenas membranas entre os dedos dos pés
  • O perímetro exterior da retina de um lobo é altamente sensível ao movimento, dando-lhes uma óptima visão. Além disso, têm óptima visão nocturna e uma excelente visão periférica
  • Os lobos estão sempre em movimento a caçar presas. Aproximadamente um terço da sua vida é passada em andamento
  • Lobos e corvos têm um relacionamento muito interessante. Os pássaros costumam seguir as matilhas de lobos na esperança de conseguir comer restos das suas presas. Os lobos também aprenderam a procurar corvos como um sinal potencial de alimento
  • Uma matilha de lobos pode ter apenas dois ou três animais, ou pode ser 10 vezes maior
  • O uivo de um lobo pode ser usado para entrar em contato com membros separados do seu grupo, para reunir a matilha antes da caça, ou para avisar as matilhas rivais para se manterem afastadas. Geralmente os uivos duram cerca de cinco segundos
  • O alfa masculino e beta feminino acasalam para a vida e a sua matilha é semelhante a um núcleo familiar humano
  • A gestação do lobo é de cerca de 65 dias. As crias nascem surdas e cegas e pesam apenas cerca de 450 gramas
  • Os olhos de um lobo são azuis quando nascem. Tornam-se amarelos quando aos oito meses de idade
  • Quando as crias têm idade suficiente para sair da toca, tornam-se responsabilidade de toda a matilha. As crias são acarinhadas e treinadas por todos os membros da matilha
  • Os lobos têm uma vida média entre 6 e 8 anos. Por vezes, podem atingir os 13 anos de idade e, em cativeiro, podem viver até 16 anos
  • Os lobos já foram o predador à face da Terra mais amplamente distribuído. Os únicos lugares em que não prosperaram encontravam-se no deserto profundo e nas florestas tropicais
  • A palavra japonesa para lobo significa “grande deus”.

Cold Weather Safety Tips

If it’s too cold for you, it is too cold for your pet, so pay extra attention and care to your pet needs during wintertime.

Cuidados com o frio_Nara

 

  • Repeatedly coming out of the cold into the dry heat of your home can cause itchy, flaking skin. Keep your home humidified and towel dry your pet as soon as he comes inside, paying special attention to his feet and in-between the toes
  • Bring a towel on long walks to clean off stinging, irritated paws. After each walk, wash and dry your pet’s feet and stomach and check for cracks in paw pads or redness between the toes
  • Bathe your pets as little as possible during cold spells. Washing too often can remove essential oils and increase the chance of developing dry, flaky skin. If your pet must be bathed, ask your vet to recommend a moisturizing shampoo and/or rinse
  • Never shave your pet down to the skin in winter, as a longer coat will provide more warmth. When you bathe your pet in the colder months, be sure to completely dry him. If you have a cold sensitive pet consider getting him a coat or sweater to help regulating his temperature during Winter
  • Pets burn extra energy by trying to stay warm in wintertime. Feeding your pet a little bit more during the cold weather months can provide much-needed calories, and making sure he has plenty of water to drink will help keep him well-hydrated and his skin less dry
  • Make sure your companion animal has a warm place to sleep, off the floor and away from all drafts. A cozy dog or cat bed with a warm blanket or pillow is perfect
  • Remember, if it’s too cold for you, it’s probably too cold for your pet, so keep your animals inside. In addition, don’t leave pets alone in a car during cold weather, as cars can act as refrigerators that hold in the cold
  • If your pet is sensitive to the cold due to age, illness or breed type, take him outdoors only when necessary
  • Puppies do not tolerate the cold as well as adult dogs and may be difficult to housebreak during the Winter. If necessary, paper train your puppy inside if he appears to be sensitive to the weather
  • During the Winter, outdoor cats sometimes sleep under the hoods of cars. When the motor is started, the cat can be injured or killed by the fan belt. If there are outdoor cats in your area, bang loudly on the car hood before starting the engine to give the cat a chance to escape.

Cuidados com o frio

Se está muito frio para si, também está muito frio para o seu animal de estimação. Tenha cuidados redobrados com o seu animal durante o Inverno.

Cuidados com o frio_Nara

 

  • Alternar continuamente entre o frio da rua e o calor da sua casa pode causar ao seu animal comichão e pele escamosa. Mantenha a sua casa húmida e tenha uma toalha à entrada para secar o seu animal assim que ele entrar, prestando especial atenção às suas patas e entre os dedos
  • Leve uma toalha nas caminhadas para limpar o animal e as suas patas em caso de irritação. Depois de cada caminhada, lave e seque as patas e a barriga do seu animal de estimação e verifique se há fissuras nas almofadas das patas ou vermelhidão entre os dedos
  • Evite dar banho ao animal durante os períodos de frio. Lavar com muita frequência pode remover óleos essenciais da pele e aumentar a possibilidade de desenvolver uma pele seca e escamosa. Se o seu animal de estimação tem mesmo que tomar banho, peça ao seu veterinário para recomendar um shampoo hidratante e adequado ao seu animal
  • Não tosquie o seu animal de estimação até à pele no Inverno, pois um pêlo mais longo proporcionará mais calor. Quando você lava o seu animal nos meses mais frios, seque-o completamente. Se é um animal mais sensível ao frio, considere arranjar-lhe um casaco ou camisola para ajudar a regular a temperatura durante o Inverno
  • Os animais gastam mais energia no Inverno para se manterem quentes. Dê-lhe um pouco mais de comida durante os meses mais frios para fornecer mais calorias, e certifique-se de que ele tem muita água para beber para ajudá-lo a manter-se bem hidratado, evitando que a sua pele fique mais seca
  • Certifique-se de que seu animal de companhia tem um lugar quente e confortável para dormir, fora do chão e afastado de correntes de ar. Uma cama confortável com um cobertor quentinho é perfeita
  • Lembre-se que se está muito frio para si, também está muito frio para o seu animal de estimação, então mantenha os seus animais abrigados. Além disso, não deixe animais sozinhos dentro de um carro durante o tempo frio, pois os carros podem actuar como refrigeradores que mantêm o frio
  • Se o seu animal de estimação é sensível ao frio devido à idade, doença ou tipo de raça, leve-o ao à rua somente quando necessário
  • Os cachorros não toleram o frio como animais adultos e pode tornar-se difícil treiná-los a vir fazer as necessidades à rua durante o Inverno. Se necessário, faço o treino em casa quando o clima não permitir vir à rua em segurança
  • Durante o Inverno, os gatos de rua podem esconder-se debaixo do capô dos carros. Quando se liga o motor, o gato pode ficar ferido com gravidade ou mesmo ser fatal. Se viver perto de colónias de gatos, dê uma pancada no capô do seu carro antes de iniciar o motor para dar ao gato a possibilidade de fugir.

Chinchilla Treat Toy

Chinchillas get bored. Chinchillas are bright little animals and need plenty to keep them amused. If kept in small cages for long periods can develop fur biting and all sorts of repetitive behaviour. Today we give you an example of how you can in your home, very easily and quickly, improvise a toy to hide some chinchilla treats 😉

DSC_1675

Enrich your chinchilla environment offering her different objects to chew and explore, always safely. Today we leave an example of how you can in your home, very easily and quickly, improvise a toy to hide some chinchilla treats 😉

It’s very simple and your pet will love it!

 

Material:

  • Paper roll
  • Chinchilla hay
  • Chinchilla treats

2017-09-19 11.51.12

 

How to do:

  • Make small holes along the paper roll

2017-09-19 11.56.00

 

  • Put the hay into the paper roll

2017-09-19 12.08.18

 

  • Hide the treats inside the paper roll, hidden in the hay

2017-09-19 12.09.11

 

  • Let your chinchilla have fun looking for it 🙂

DSC_1672

Brinquedo para Chinchila

As chinchilas são pequenos animais inteligentes e precisam de estimulação mental. Se forem mantidas em gaiolas pequenas por longos períodos sem atividade, podem desenvolver peladas resultantes de stress e outros comportamento repetitivos.

DSC_1675.JPG

 

Enriqueça o ambiente da sua chinchila oferecendo-lhe objectos variados para roer e explorar, sempre de forma segura. Hoje deixamos um exemplo de como pode, em sua casa, muito fácil e rapidamente, improvisar um brinquedo para esconder algumas guloseimas 😉

É muito simples e o seu bichinho vai adorar!

 

Material:

  • Rolo de papel
  • Feno para chinchila
  • Algumas guloseimas para chinchila

2017-09-19 11.51.12.jpg

 

Como fazer:

  • Fazer pequenos buracos ao longo do rolo de papel

2017-09-19 11.56.00.jpg

 

  • Colocar o feno dentro do rolo de papel

2017-09-19 12.08.18

 

  • Colocar algumas guloseimas para chinchilas dentro do rolo, escondidas no feno

2017-09-19 12.09.11

 

  • Deixar que a chinchila se divirta a procurar as guloseimas 😉

DSC_1672